Tempo
|

Páscoa

Bispo de Bragança-Miranda deixa uma mensagem de fé na “Cruz florida”

27 mar, 2013 • Olímpia Mairos

D. José Cordeiro deixa uma saudação pascal a todos e, de modo especial, aos que sofrem.

O bispo de Bragança-Miranda, D. José Cordeiro, manifesta na sua mensagem para a Páscoa a esperança de que a Palavra da Salvação seja "uma semente de vida".

"Grito hoje a nossa alegria: Jesus Cristo ressuscitou!”, proclama o prelado, prosseguindo: “Sim, Ele vive para sempre e também por nós”. O texto salienta, ainda, que “do útero ao túmulo, acontece a grande escola da vida, onde a Páscoa acontece todos os dias".

O bispo de Bragança-Miranda deixa uma saudação pascal a todos e, de modo especial, aos que sofrem. “Os mais velhos, os que vivem a solidão, os que são vítimas da pobreza, do desânimo, da impaciência e das crises sociais e económicas provocadas”, fazendo votos para que “a Cruz florida da Páscoa abrace, ilumine e encoraje” os corações feridos.

D. José Cordeiro termina a sua mensagem assegurando que “a fé que nasce e renasce da Páscoa faz todo o sentido”, isto “quando nos torna mais irmãos e cidadãos mais activos para se realizar a justiça, a paz, o perdão e o amor”.