|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

“Governo faz bem em não governar para a popularidade, mas tem de esclarecer”

26 nov, 2012 • Maria João Costa

Marcelo Rebelo de Sousa pergunta porque razão o perímetro de segurança diante da Assembleia da República não é maior, para evitar cenas de violência junto à escadaria.  

“Governo faz bem em não governar para a popularidade, mas tem de esclarecer”
O Governo faz bem em não governar para a popularidade, mas tem de explicar as medidas aos portugueses, se os quer mobilizar

É a reacção de Marcelo Rebelo de Sousa às palavras de Passos Coelho que este fim-de-semana, na Madeira, afirmou não ter qualquer problema em enfrentar a impopularidade provocada pela austeridade.

Mas Marcelo lembra que o governo tem uma obrigação de esclarecer.

“É preciso que os portugueses se mobilizem para enfrentar a crise e há medidas que têm menor ou maior adesão conforme sejam entendidas, explicadas e depois assumidas pela opinião pública. O Governo tem aí uma obrigação de esclarecimento.”

“O Governo faz bem em não governar para a popularidade, mas faz mal se, com essa invocação, não esclarece os portugueses suficientemente e não os mobiliza para um combate para o qual é fundamental que estejam mobilizados”, considera.

Em relação às manifestações previstas para amanhã, Marcelo Rebelo de Sousa considera que não terão qualquer efeito prático e pergunta por que razão o perímetro de segurança diante da Assembleia da República não é maior: “Quem tinha a protestar já protestou, portanto vão voltar a protestar mas está consumada a votação, é apenas uma questão simbólica, ninguém vai mudar o sentido de voto. Espero que não haja a violência desta vez, tenho dificuldade em perceber porque é que a área de segurança do parlamento não é um bocadinho maior, evitavam-se as cenas mesmo na escadaria do Parlamento”.

Marcelo Rebelo de Sousa falava aos jornalistas esta noite à margem da apresentação da biografia política de Marcello Caetano da autoria de José Castilho.