|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

Marcelo Rebelo de Sousa

"Esperava-se uma montanha e saiu um rato"

28 out, 2012

Marcelo Rebelo de Sousa reage assim à mini-remodelação governamental que Pedro Passos Coelho efectuou esta semana.

"Esperava-se uma montanha e saiu um rato"

Marcelo Rebelo de Sousa diz que na remodelação governamental se esperava a montanha mas saiu um rato. O comentador reafirma que “uma remodelação a sério implicava tirar Miguel Relvas”.

No entanto, o comentador considera que a remodelação não foi mais efectiva porque “o primeiro-ministro não conseguiu fazer melhor, não pode”.

O antigo líder do PSD reafirma que “uma remodelação a sério implicava tirar Miguel Relvas” e deixa algumas questões em aberto.

Passos Coelho podia mexer na estrutura dos dois grandes Ministérios com o que isso implica em realocar os ministros do CDS? Ele pode encontrar alguém suficientemente forte para a coordenação política para fazer aquilo que Miguel Relvas não consegue fazer e alguém precisa fazer?”

O Governo mudou três secretários de Estado. Todos os ministros mantêm-se nos cargos.

No seu habitual comentário na TVI, Marcelo também disse que o uso do termo "refundação", utilizado pelo primeiro-ministro sobre o memorando de entendimento, é “um erro político monumental” porque um, eventual, novo acordo com a "troika" "deixa o PS à solta".

O professor Marcelo aplaude ainda a proposta da redução do IRC para novas empresas, que faz parte do pacote apresentado pelo ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira.