Tempo
|

Ferro Rodrigues defende “renegociação séria” com os credores

29 mar, 2014

Na conferência "Novo Rumo", organizada pelo PS, o antigo líder do partido defendeu a necessidade de um consenso nacional.

O antigo secretário-geral socialista Eduardo Ferro Rodrigues defende a “renegociação séria” o quanto antes com os credores do Estado português.

Ferro Rodrigues, um dos signatários do Manifesto dos 70, participou na conferência "Novo Rumo", organizada pelo PS, onde considerou que é preciso encontrar uma solução “dentro do euro”.

O ex-ministro defendeu ainda a necessidade de um consenso nacional. “Ninguém, nenhuma força política, se deverá considerar dispensável à partida. Muito mais do que a alternância partidária, desta vez é necessária uma verdadeira alternativa ampla, realista e positivamente reformista”, disse.