Tempo
|

Marcelo considera “insanidade absoluta” demissão do Governo

31 mar, 2013

Conselheiro de Estado sugere convocação do Conselho de Estado se Orçamento for chumbado.

Marcelo Rebelo de Sousa considera que “a última coisa que o país precisava neste momento – qualquer que seja a decisão do Tribunal Constitucional – é uma demissão do Governo e eleições antecipadas”.

“Era a insanidade absoluta”, acrescenta o professor e ex-líder social-democrata.

Os cenários de demissão do Governo ou remodelação do Executivo têm sido colocados por vários analistas como resposta à decisão do Tribunal Constitucional sobre o Orçamento do Estado que pode ocorrer já na próxima semana.

No seu espaço na TVI, o comentador acrescenta que se o documento for considerado inconstitucional, o Presidente da República deve convocar o Conselho de Estado.

“Acho que o Presidente devia convocar o Conselho de Estado, sobretudo se a decisão do Tribunal Constitucional for muito forte contra o Governo, porque deve ouvir o Conselho de Estado sobre cenários em que é fundamental não agravar a situação que existe”, acrescenta.