Tempo
|

Portugal desculpa-se perante a Bolívia

18 jul, 2013

Ministério dos Negócios Estrangeiros nunca fala num pedido formal de desculpas, mas confirma que Paulo Portas emitiu o que  classifica de uma “palavra de reparação” do Governo português.

Portugal desculpa-se perante a Bolívia. Numa nota enviada à agência Lusa, o Ministério dos Negócios Estrangeiros nunca fala num pedido formal de desculpas, mas confirma que Paulo Portas emitiu o que classifica de uma “palavra de reparação” do Governo português.

Nessa “palavra de reparação”, o Ministério dos Negócios Estrangeiros reconhece que Evo Morales pode ter razões de queixa aquando da passagem pelo espaço aéreo europeu aquando da viagem de Moscovo para La Paz.

Portas convidou o seu homólogo boliviano a visitar em breve o nosso país.