|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

Empresário português assassinado em Angola

22 mar, 2012

Autoridades consulares portuguesas estão a tratar das questões legais para a trasladação do corpo para Portugal.

Um empresário português foi morto a tiro em Luanda após uma tentativa de roubo da viatura. Rui Pinto, 22 anos, estava em Angola desde o ano passado e era gestor da filial de uma empresa de mobiliário e decoração sedeada em Cortegaça, no concelho de Ovar.

Carlos Alberto Silva, amigo da família da vítima, residente em Luanda, conta à Renascença que tudo aconteceu quando o empresário se deslocava na sua viatura e foi interceptado por assaltantes, que o atingiram mortalmente, alegadamente por ter resistido.

“Foi esta quarta-feira, às 15h00. Ele [Rui Pinto] estava com as portas fechadas e eles, como não conseguiram roubar, deram-lhe um tiro no tórax e, quando chegou ao hospital, já estava morto”, conta Carlos Alberto Silva.

Em declarações à Renascença, este português residente em Luanda admite que a comunidade portuguesa em Angola raramente é visada por este tipo de episódio. No entanto, sempre que acontece, mais vale não oferecer resistência aos assaltantes.

As autoridades consulares portuguesas foram informadas deste incidente e estão a tratar das questões legais para a trasladação do corpo para Portugal.