Tempo
|

Valorsul garante serviço apesar da greve da próxima semana

15 mar, 2014

Em causa está o tratamento de resíduos em 19 municípios na Grande Lisboa e região Oeste. A greve dos trabalhadores dura quatro dias e começa segunda-feira.

A empresa Valorsul garante que a greve não vai interromper o serviço, mas as autarquias de Lisboa e Loures mantêm apelo aos habitantes para que evitem deixar o lixo na rua.

Os trabalhadores iniciam na próxima segunda-feira uma greve de quatro dias contra a privatização da empresa e os cortes salariais.

A Valorsul garante que tem condições para receber os resíduos, mesmo durante a greve, mas, à Renascença, Duarte Cordeiro, vereador da Higiene Urbana da Câmara de Lisboa, diz que não recebeu nenhuma informação nesse sentido.

Uma alternativa será encontrar outro local para deixar os resíduos. A Tratolixo já ofereceu os serviços e a autarquia lisboeta está a estudar esta e outras soluções.

Já em Loures esta não é uma opção. Segundo o autarca local, Bernardino Soares, a empresa tem um compromisso contratual com a Valorsul por isso mantém o apelo à população.

Em causa está o tratamento de resíduos em 19 municípios na Grande Lisboa e região Oeste.