Tempo
|

Armadores pedem voz forte a favor da industrialização das pescas

15 jul, 2013

Associação de Armadores da Pesca Industrial criticam falta de apoio à renovação das frotas.

O Governo deveria hoje fazer "voz forte" em Bruxelas, no Conselho de Agricultura e Pescas, em defesa da industrialização do sector. É o que defende o secretário-geral da Associação de Armadores da Pesca Industrial.

“Gostaríamos que Portugal tivesse, neste Conselho, uma voz forte de protesto relativamente a um conjunto de propostas que são extremamente modestas para o relançamento da pesca europeia nos próximos sete anos, tendo em conta que não estão previstas aprovações na área da renovação da frota, com excepção de pequenas embarcações”, afirma à Renascença António Cabral.
 
O responsável critica as opções da Europa que, no novo quadro comunitário de apoio, quase não prevê a renovação de frotas. 

“Entendemos que Portugal deve afirmar a necessidade da União Europeia não ter vergonha do seu sector de pescas e exigir que os fundos do novo quadro comunitário de apoio sejam fundos virados para a industrialização do sector”, acrescenta António Cabral.