Tempo
|

Alberto João Jardim quer mesmo os três mil milhões

15 fev, 2012

O presidente do Governo Regional da Madeira voltou a garantir que vai cumprir o programa de resgate, mas revelou que pretende negociar os montantes da ajuda financeira.

Alberto João Jardim quer mesmo os três mil milhões

Alberto João Jardim confirma intenção de duplicar o valor do programa de ajustamento financeiro da região autónoma. O presidente do Governo Regional da Madeira quer um empréstimo de três mil milhões de euros.
 
Esta terça-feira, Jardim voltou a garantir que vai cumprir o programa de resgate, mas revelou que pretende negociar os montantes da ajuda financeira.

Já o deputado do PSD-Madeira Jaime Filipe Ramos afirmou que a Região mantém o objectivo de conseguir um programa de ajustamento financeiro com base num empréstimo de três mil milhões de euros.

"O Estado cedeu 50% da sua capacidade financeira actual à Madeira. O Governo da República fez o que poderia fazer, mas o nosso objectivo será sempre os três mil milhões de euros", disse o vice-presidente da bancada do PSD na Assembleia Legislativa da Madeira na sessão plenária.

A Madeira celebrou um programa de ajustamento financeiro que prevê um empréstimo do Estado português de 1,5 mil milhões de euros.