Tempo
|

Hotéis com mais 11,8% de dormidas

15 jul, 2013 • Ana Carrilho

Hotelaria nacional recebeu 1,4 milhões de hóspedes em Maio, mais 740 mil em relação ao mesmo período do ano passado.

O número de dormidas nos hotéis portugueses aumentou 11,8% em Maio, em comparação com o mesmo mês de 2012, indica o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em Maio foram registados cerca de quatro milhões de dormidas e 1,4 milhões de hóspedes, um aumento de 7% em relação ao período homólogo.

Nas contas dos primeiros cinco meses do ano, a hotelaria portuguesa recebeu quase cinco milhões de hóspedes, mas Maio foi o que registou o maior crescimento. Mais de 75% são estrangeiros, que também vão ficando mais tempo, em média, 2,8 dias, mas se falarmos da Madeira ou do Algarve, as estadias sobem para 5,3 e 4,4 noites.

Os britânicos continuam no top dos estrangeiros que passam por Portugal. Garantem mais de 25% das dormidas dos não residentes, pouco menos que os nacionais, claramente em retracção.

Um dos países que parece ter descoberto Portugal recentemente é a Irlanda. De Maio do ano passado para este ano, as dormidas aumentaram mais de 40%. “Nuestros hermanos”, que nos meses de Inverno pareciam ter esquecido o nosso país, regressaram em força em Maio.

Os resultados são claramente positivos, tanto nos proveitos totais, que atingiram mais de 183 milhões de euros em Maio, como nos proveitos por aposento, na ordem dos 126 milhões, e que significam crescimento face ao ano passado.

Os hotéis de 5 e 4 estrelas e os aparthotéis de quatro estrelas foram os que registaram taxas mais elevadas de ocupação.

A oferta hoteleira portuguesa continua a crescer. Segundo o Atlas da Hotelaria de 2013, estudo realizado pela Delloite, o ano passado, foram criados mais 200 empreendimentos turísticos. Tendência que deverá ter seguimento este ano com a inauguração de 30 novas unidades, quase metade na região de Lisboa.

O estudo mostra que em Portugal continuam a predominar os empreendimentos turísticos de 3 e 4 estrelas. Um quarto da oferta hoteleira está no Algarve.