Tempo
|

Erro de tradução na base de parte da polémica no sínodo

15 out, 2014 • Filipe d’Avillez

A palavra "valutando" foi erradamente traduzida como “valorizando”, quando o sentido mais correcto seria "tendo em conta". Em questão está a orientação sexual dos homossexuais.

Erro de tradução na base de parte da polémica no sínodo
Um dos pontos mais polémicos do relatório intercalar do sínodo para a família está relacionada com a atitude de acolhimento para homossexuais. Mas há um factor que pode estar a agravar desnecessariamente essa polémica: um possível erro de tradução.

A primeira versão do documento disponibilizado no "site" do Vaticano era uma tradução em língua inglesa, descrita pela Santa Sé como “não oficial”.

Nessa tradução, o ponto 50 fala dos homossexuais na Igreja e pergunta se as comunidades católicas estão, ou não, capazes de acolhê-los. A frase usada, em inglês, é esta: "Are our communities capable of providing that, accepting and valuing their sexual orientation".

Muitos dos órgãos de comunicação social que falaram do assunto basearam-se nesta tradução. No caso da Renascença, foi vertida para português assim: "As nossas comunidades são capazes de o providenciar, aceitando e valorizando a sua orientação sexual", usando o termo "valorizando" como equivalente a "valuing".

A reacção, sobretudo das alas mais conservadoras da Igreja, e com particular ênfase no mundo anglófono, foi rápida com muitas pessoas a estranhar sequer que se "valorize" a orientação sexual de alguém, quando o que deve ser valorizado é a pessoa em si.

Contudo, quando foi publicada a versão italiana, que é a oficial e original, pôde-se ver que afinal o termo usado é "valutando". Ora este termo, em português, está mais próximo de "avaliando", pelo que o verdadeiro sentido da frase parece ser mais "tendo em conta" a orientação sexual ou "considerando" a orientação sexual das pessoas.

Trata-se de uma incongruência que poderá ter feito toda a diferença na forma como se reagiu ao documento, embora este não seja o único ponto de discórdia sobre o seu conteúdo.

- Perguntas e respostas sobre o sínodo da família
- Acompanhe o sínodo da família na Renascença. Notícias, entrevistas e análise