Tempo
|

Ano da Fé convida a escutar o absoluto

09 nov, 2012 • Aura Miguel

Há obras inspiradas em Cristo e na vida da Igreja, mas também há compositores que viveram uma vida de fé turbulenta e dramática.  

Realiza-se hoje o primeiro de cinco encontros organizados pela Renascença no contexto do Ano da Fé. O convite é para “escutar o absoluto” e assistir a conferências sobre a fé e a música clássica.

Ao longo dos séculos a fé inspirou muitos e grandes músicos, por isso o Ano da Fé é uma excelente oportunidade para redescobrir ou ouvir pela primeira vez muitas destas composições.

Há obras inspiradas em Cristo e na vida da Igreja, mas também há compositores que viveram uma vida de fé turbulenta e dramática.

Para hoje está marcado o primeiro de cinco encontros. Será no auditório da Renascença em Lisboa, com início às 21h30 e a entrada é livre. A sessão é conduzida pela jornalista Aura Miguel.

09 novembro 2012 - "A alegria da fé (Início da música sacra, Vivaldi, Hendel)"
11 janeiro 2013 - "A consistência da fé (Bach)"
01 março 2013 - "O homem e o seu destino (Mozart, Brahms, Berlioz)"
03 maio 2013 - "A inquietação do homem sem fé (Wagner)"
04 outubro 2013 - "A fé como certeza (Nossa Senhora na música)"