Tempo
|

Itália

Empate, golos e confusão no Lazio-Hellas Verona

05 mai, 2014

Igualdade a três bolas termina com troca acesa de palavras entre os treinadores de ambas as equipas.

Empate, golos e confusão no Lazio-Hellas Verona
Lazio e Hellas Verona empataram (3-3), esta segunda-feira, em jogo da 36ª jornada da Serie A, numa partida que fica marcada, para além dos seis golos registados, pela confusão que se gerou após o apito final entre os treinadores de ambas as equipas.

Dentro das quatro-linhas, Keita abriu o activo para os romanos, aos 30'. Sete minutos depois, Marquinho igualou o desafio para a equipa de Verona.

Já na segunda parte, Lulic voltou a adiantar os "laziale" (60'), tocando a Iturbe, médio emprestado pelo FC Porto, voltar a empatar a partida (69').

Num encontro de parada e resposta, Rómulo fez o 2-3 para o Hellas, aos 86' e, no último minuto de compensação, já reduzida a dez unidades, por expulsão de Lulic, a Lazio alcançou o 3-3 final. Mauri marcou, na recarga a uma grande penalidade inicialmente defendida por Rafael. 

No final do desafio, o técnico do Hellas, Andrea Mandorlini, deu conta da sua insatisfação à equipa de arbitragem pelo "penalty" assinalado já em tempo de descontos e que originou ainda a expulsão de Michelangelo Albertazzi. Edy Reja, treinador da Lazio, interveio na discussão, acabando ambos por protagonizar uma acalorada troca de palavras.

Refira-se que Hélder Postiga, lesionado, não foi opção do lado da Lazio.

Com este resultado, Lazio e Hellas Verona continuam a dividir o nono lugar da tabela, com 53 pontos.