Tempo
|

Deputados ouvem 12 personalidades sobre parcerias público-privadas

17 mai, 2012 • João Pedro Vitória

Audições arrancam no dia 25 deste mês.

Deputados ouvem 12 personalidades sobre parcerias público-privadas
assembleia da republica

Está definido o grupo de personalidades que serão ouvidas no âmbito da comissão parlamentar de inquérito às parcerias público-privadas (PPP) do sector rodoviário e ferroviário.

Entre técnicos e reputados especialistas da justiça e economia, estão agendadas 12 audições.

O antigo juiz do Tribunal de Contas, Carlos Moreno, é o primeiro a ser ouvido sobre as parcerias público-privadas rodoviárias e ferroviárias, no dia 25 deste mês.

Seguem-se o actual presidente do Tribunal de Contas, Guilherme d’Oliveira Martins, e os ex-membros do grupo de trabalho para a reavaliação das PPP: Augusto Lopes Cardoso, Avelino de Jesus, Carlos Oliveira Cruz, Fernando Nunes da Silva e José Reis.

Directamente ligados à administração pública estão quatro personalidades, um técnico jurista do Ministério das Finanças, um especialista em parcerias público-privadas também do Ministério das Finanças, Rui Manteigas, director de concessões das Estradas de Portugal, e José Maria Leite Martins, inspector geral da Inspecção-Geral de Finanças.

O economista João Duque também consta do leque de convidados a prestar esclarecimentos.

Estes 12 nomes são o produto final das discussões entre todos os partidos, pois o Bloco de Esquerda sugeria 54 pessoas, o PS queria ouvir quase 60, o CDS tinha 47 sugestões  e o PSD queria ouvir 11 personalidades.