Tempo
|

Paulo Morais continua "Presidente" incontestado no Facebook

02 set, 2015 • Matilde Torres Pereira (texto) e Rodrigo Machado (gráfico)

Se o "like" fosse um voto, quem venceria as eleições presidenciais? A Renascença faz a contagem todos os meses. A "rentrée" traz algumas surpresas, nomeadamente no sexo feminino.

Paulo Morais continua "Presidente" incontestado no Facebook
Todos os meses, até às eleições presidenciais, a Renascença contabiliza os "likes" dos candidatos a Belém. Se até Agosto foi Paulo Morais que segurou confortavelmente a liderança, o candidato que fez da luta anticorrupção bandeira está ameaçado no pódio. Caso Marcelo Rebelo de Sousa se decida a avançar, não há, por agora, quem o bata. No Facebook, pelo menos.

Os números ajudam a clarificar: Paulo Morais vai à frente porque já se candidatou oficialmente e conta com 41.134 "gostos" contabilizados no início de Setembro. Marcelo tem não uma, não duas, mas quatro páginas no Facebook, entre páginas em nome próprio e de apoiantes. Todos somados, são 49.542 "likes".

No domínio dos presidenciáveis que ainda não se tornaram candidatos de facto, Rui Rio, que surgia como favorito, está a perder destaque. Não obstante, somando as também quatro páginas de Rio, que se desdobram entre o apoio às presidenciais mas também às legislativas, totalizam-se 25.370 "gostos" – pouco mais de metade de Marcelo.

O antigo autarca do Porto escreve esta quarta-feira no "Jornal de Notícias" que a sua decisão sobre uma eventual candidatura à Presidência da República só será anunciada em Outubro.

Belém fulgurante
Outra grande surpresa do Verão foi Maria de Belém Roseira, que a 17 de Agosto anunciou que seria candidata. No micro-universo do Facebook, Belém subiu de uns escassos 400 "likes" antes da época balnear para mais de 12 mil em Setembro. Números de uma página de apoio, nascida a 27 de Julho.

Ainda assim, não chega para ultrapassar Paulo Freitas do Amaral, autarca centrista de Oeiras, que granjeou já 15.598 "likes" nas suas duas páginas, nem o independente Sampaio da Nóvoa, que se está a deixar estagnar nos 14 mil "likes". A falta de apoio declarado do PS terá alguma coisa a ver com isto?

No final da tabela, surgem o candidato amigo dos animais, Paulo Borges, com 5.920 "votos" em forma de "like", e Henrique Neto, que até cresce no número de seguidores.

Pelo caminho, desta feita, fica Orlando Cruz, não por não se chamar "Paulo", mas porque nos últimos meses não chegou sequer a criar uma página oficial, apesar de ter sido o primeiro a mostrar interesse na corrida a Belém.