|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

Fé e Luz

Prémio Templeton para Jean Vanier é "apelo à conversão"

12 mar, 2015 • Rosário Silva e Filipe d'Avillez

Jean Vanier, que dedicou a vida a favor dos deficientes, foi distinguido. "É um prémio oportuno  que nos enche de consolação e esperança", dizem os responsáveis em Portugal do movimento católico Fé e Luz.

Prémio Templeton para Jean Vanier é "apelo à conversão"
Com "enorme alegria". Foi assim que a notícia chegou às comunidades do Movimento Fé e Luz, em Portugal: Jean Vanier, fundador das comunidades A Arca e do movimento Fé e Luz, que dedicou a sua vida à promoção da dignidade das pessoas com deficiência mental, venceu o prémio Templeton, um das mais importantes distinções internacionais na área da religião.

Em declarações à Renascença, Alice Caldeira Cabral refere que "Jean tem sido um homem notável pela visão que tem da fragilidade humana e do sentido que ela tem para toda e qualquer pessoa, não só para as pessoas com deficiência”.

"Todos nós temos, numa altura ou outra da vida, momentos de fragilidade e é na medida em que conseguirmos acolher as nossas fragilidades que também conseguimos tornar-nos mais humanos", diz o responsável pela comunidade do Fé e Luz da paróquia de Nossa Senhora de Fátima, em Évora.

"Esta é a mensagem que o Jean espalha com uma linguagem muito simples e acessível, mas muito exigente", acrescenta.

É também uma mensagem que vai de encontro ao apelo à conversão feito pelo Papa Francisco. "Nesta altura de Quaresma, não podíamos estar mais em sintonia, por isso este prémio é oportuno e deve-nos encher de consolação e esperança", sublinha Alice Caldeira Cabral.

"Estas pessoas desafiam-nos a um encontro mais desarmado e quanto mais isso acontecer, mais nos muda por dentro, amando a pessoa como ela é e não como eu gostava que ela fosse", reforça.

Uma vida a favor dos deficientes
Nascido na Suíça, em 1928, Vanier começou o seu apostolado em 1964 quando convidou dois portadores de deficiência para viver com ele. Essa semente viria a transformar-se no movimento L'Arche, ou A Arca, onde deficientes e pessoas sem deficiência vivem em comunidade. Actualmente existem, em todo o mundo, 147 comunidades da Arca.

Vanier também esteve na génese da fundação do movimento Fé e Luz, um grupo de apoio para deficientes e famílias que procura estimular e trabalhar a vertente espiritual dos deficientes. O movimento está presente em 82 países, incluindo Portugal, onde existem várias comunidades espalhadas pelas dioceses de Évora, Lisboa e Porto.

O prémio Templeton é atribuído pela fundação John Templeton e tem por objectivo distinguir pessoas que tenham feito "contribuições excepcionais" para a afirmação da dimensão espiritual da vida.

O galardão tem o valor de cerca de 1,8 milhões de euros. Vanier já afirmou que vai doar a totalidade do dinheiro às instituições com as quais trabalha, para poderem expandir o seu trabalho.