RR
|

Motoristas da Vimeca estão a aceitar passes sociais

05 ago, 2013

Transportadora que serve Lisboa, Almada, Oeiras, Sintra, Amadora e Cascais chegou a acordo com o Governo durante o fim-de-semana, mas a Renascença encontrou um utente com o título L 123  que, no domingo, foi impedido de viajar.

Os utilizadores de transportes públicos da Grande Lisboa podem continuar a usar o passe social nos serviços prestados pela empresa Vimeca. A Renascença foi esta segunda-feira de manhã para a rua e conferiu que os motoristas estão a aceitar os títulos.

O entendimento entre a empresa de autocarros e o Governo foi alcançado no sábado, depois de muita resistência às condições de financiamento propostas pelo executivo.

No domingo, a Renascença esteve com um utente a quem foi negada a validade do seu passe L 123, mas esta manhã os motoristas estão a aceitar os passes sociais, apesar de não terem tido ainda informação oficial do acordo.

No domingo, o secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, afirmou que o entendimento foi possível devido à alteração da fórmula de cálculo da remuneração às operadoras pelo sistema de passe social e que o sistema se mantinha em todas elas.

Sérgio Monteiro garantiu ainda que o novo método vai beneficiar as empresas públicas de transportes, sobretudo, o Metro de Lisboa.