Tempo
|

Quatro portugueses entre os finalistas do prémio “Europa Nostra”

26 mar, 2013

Os prémios são atribuídos pela federação Pan-Europeia para o Património Cultural Europa “Nostra” sob a égide da Comissão Europeia.

Há quatro projectos portugueses entre os 30 finalistas aos prémios “Europa Nostra 2013”. Entre os galardoados está o Projecto SOS Azulejo e os restauros no Liceu Passos Manuel, em Lisboa, do chalet da condessa d’ Edla, em Sintra, e na Fundação Ricardo Espírito Santo Silva.

Os prémios são atribuídos pela federação Pan-Europeia para o Património Cultural Europa “Nostra” sob a égide da Comissão Europeia.

Entre os 200 projectos foram seleccionados 30 e em Junho vão ser conhecidos os seis finalistas. Cada projecto irá receber 10 mil euros.

O presidente do Centro Nacional de Cultura (CNC), Guilherme d´Oliveira Martins, mostrou-se "muito satisfeito" com a atribuição a Portugal de quatro prémios Europa Nostra/Património, considerando-a "um motivo de grande orgulho".

"Obviamente que o Centro Nacional de Cultura, que representa em Portugal a Europa Nostra, está muito satisfeito, uma vez que a visibilidade positiva da acção portuguesa, em prol do património cultural, ficou especialmente evidente no congresso que teve lugar há um ano, em Lisboa, que constituiu um enorme sucesso e deixou em todos a melhor impressão em relação ao que está a ser feito em Portugal", frisou.

Em 2012, Portugal foi premiado pelo restauro dos seis órgãos do Palácio de Mafra, um projecto que durou mais de uma década, dirigido pelo musicólogo Rui Vieira Nery, pelo organista João Vaz e pelo mestre organeiro Dinarte Machado.