Gabriel Leite Mota. Não basta pôr o país a crescer para garantir a felicidade das pessoas