Políticos consideram “infantis” mobilizações dos jovens contra alterações climáticas