Força europeia para Moçambique poderá começar com 200 a 300 militares