Pico de infeções na Europa potencia novas variantes do vírus. "E isto é sério", diz Ursula von der Leyen