Santos Silva não vê razão para crise política. "Não faz sentido dramatizar”