Da "quase clandestinidade" aos pedidos dos hospitais. Voluntários imprimem milhares de viseiras em 3D para médicos