A Amazónia está a arder a um ritmo recorde. O fumo escondeu o sol em São Paulo