Tiago Oliveira. Se não gerir o terreno, o proprietário “tem de o vender”