Fernando Magalhães Crespo: "A Renascença foi um farol de liberdade em Portugal"