Louçã. “O Estado passou a ter a obrigação de propor uma reestruturação da dívida”