Do "pai" da internet a Guterres. Reveja a abertura da Web Summit 2018

05 nov, 2018 - 17:32

Tim Berners-Lee, considerado o pai da internet e António Guterres, Secretário-geral da ONU, falaram na abertura da conferência. Reveja os discursos no "live stream":
A+ / A-

A Web Summit arrancou esta segunda-feira, em Lisboa, com o inventor da internet a partilhar a sua visão sobre a rede que criou há quase 30 anos e o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, a abordar o futuro digital.

As portas do Altice Arena abriram pelas 17h00, dando o tiro de partida para a terceira edição da Web Summit em Lisboa. Para dar as boas-vindas aos mais de 70 mil participantes esperados, a organização promove no exterior, antes das intervenções da cerimónia de abertura, um "Opening Night Festival", para os primeiros contactos.

A abertura oficial, no palco principal da cimeira, está marcada para as 18h30, com uma intervenção do presidente executivo do evento, Paddy Cosgrave, que apresentou os oradores.

A inaugurar os discursos estará o físico britânico Tim Berners-Lee, que inventou a rede mundial de acesso à internet (world wide web - www) há quase 30 anos.

Naquela que é a sua primeira vez no evento, Tim Berners-Lee vai falar sobre a sua visão para esta rede, que criou em 1989, tendo inicialmente como objetivo que a web fosse de livre acesso e servisse a humanidade.

Em seguida, será a vez da vice-presidente nas áreas sociais e ambientais da Apple, Lisa Jackson, intervir sobre "Negócios bons que fazem bem", relacionando a atividade da gigante tecnológica com os seus objetivos sustentáveis, nomeadamente a aposta em energias renováveis.

E porque a tecnologia também está relacionada com o cinema, nomeadamente os efeitos especiais, seguir-se-á em palco o cineasta norte-americano Darren Aronofsky, diretor da Protozoa Pictures e conhecido por filmes como Pi (1998), A vida não é um sonho (2000) e Mãe (2017).

O último orador é o português António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas.

Numa intervenção de 15 minutos sobre como criar "um futuro digital seguro e benéfico para todos", aquele responsável vai partilhar a sua visão sobre o aproveitamento das novas tecnologias, salvaguardando ainda os perigos da inovação.

Chegam depois os cumprimentos do primeiro-ministro, António Costa, e do presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina.

Para quem resistir, o "Opening Night Festival" continua pelas 20h00 e até à meia-noite nas imediações do evento, junto ao rio, na Rua do Bojador.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.