Tempo
|

Lisboa

Multados sete estabelecimentos no Bairro Alto por violação do estado de emergência

17 abr, 2021 - 22:40 • Redação com Lusa

Foi a última de cinco ações realizadas pela PSP entre 12 e 16 de abril, para verificar o cumprimento das medidas de combate à Covid-19 naquela área de diversão noturna de Lisboa.

A+ / A-
Foto: Mário Cruz/Lusa
Foto: Mário Cruz/Lusa
Foto: Mário Cruz/Lusa
Foto: Mário Cruz/Lusa
Foto: Mário Cruz/Lusa
Foto: Mário Cruz/Lusa
Foto: Mário Cruz/Lusa
Foto: Mário Cruz/Lusa

Sete estabelecimentos de restauração no Bairro Alto, em Lisboa, foram multados, na sexta-feira, por terem sido apanhados a violar as regras do estado de emergência, informou a PSP, este sábado, em comunicado.

As coimas aplicadas variam entre os 2.000 e os 20.000 euros, no caso de pessoa coletiva, e entre 200 e 1.000 euros para particulares.

"Sete estabelecimentos de restauração violaram as medidas de prevenção de contágio da doença covid-19, ao permitirem que clientes consumissem no interior do estabelecimento, ao não encerrarem o serviço de esplanada às 22h30, ao permitirem mais de quatro clientes por mesa no espaço de esplanada e ao não salvaguardarem o distanciamento social entre os clientes de diferentes mesas", referiu a PSP.

Durante a operação, que fiscalizou 22 estabelecimentos, foram levantados 19 autos de notícia por contraordenação, incluindo os sete espaços comerciais, por desrespeito das normas de combate à pandemia.

A PSP levantou 16 autos de notícia de contraordenação "por infrações diversas, incluindo o fornecimento de bebidas alcoólicas a menores".

A ação policial foi especialmente direcionada às aglomerações de pessoas, utilização dos espaços de esplanadas e a venda de bebidas alcoólicas naquela área de diversão noturna de Lisboa. "A operação policial dispersou os ajuntamentos nas diversas artérias daquela área e participou infrações", pormenorizou a PSP, no mesmo comunicado.

Esta foi a última de um ciclo de cinco ações realizadas entre os dias 12 e 16 de abril, para verificar o cumprimento das medidas em vigor "por parte dos clientes e dos estabelecimentos de restauração e similares e de ajuntamentos de pessoas nas freguesias de Arroios, Misericórdia, Santo António e Santa Maria Maior", explicou a força de segurança.

O conjunto das operações levadas a cabo pela PSP também resultou em 98 estabelecimentos fiscalizados e 62 infrações verificadas. Destas, 15 infrações "são referentes a violações ao atual estado de emergência".

Em Portugal, morreram 16.942 pessoas dos 830.560 casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus, de acordo com o boletim deste sábado da Direção-Geral de Saúde. Há mais de 25 mil casos ativos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+