Tempo
|

Três Por Todos: donativos atingem mais de 22 mil euros

O Três Por Todos regressou para combater a solidão dos mais velhos e dias 25, 26 e 27 de maio esteve realmente por todo o lado. Foram 3 dias em 15 cidades numa emissão em contínuo das 07h00 às 20h00. As Três da Manhã percorreram quase 2 mil quilómetros contra a solidão. Obrigado por ter estado connosco e por ter ajudado nesta campanha.

A+ / A-

Está apurado o valor final da ação da Renascença, Três Por Todos, que se realizou entre os dias 25 e 27 de maio, num périplo que levou as Três da Manhã, Ana Galvão, Inês Lopes Gonçalves e Joana Marques, por 15 cidades portuguesas.

Foram angariados 22.433,51€ que revertem na sua totalidade para a Cáritas e o apoio que dá à população mais sénior, que vive isolada e com grandes fragilidades.

Com a ajuda e a generosidade dos ouvintes foi alcançado um valor que parecia impossível de atingir. Mas a causa era nobre e tocou de forma especial todos os portugueses, por ser também uma causa de cada um.

A Renascença, a Fundação Ageas e o Grupo Ageas Portugal agradecem publicamente o empenho e a generosidade de todo os que colaboraram para que a geração mais idosa possa ter melhores condições e se possa eliminar o seu isolamento e as suas necessidades mais básicas.

As Três da Manhã, Ana Galvão, Inês Lopes Gonçalves, Joana Marques e uma vasta equipa da Renascença, percorreram em três dias 15 cidades, percorreram 2000 km e asseguraram 40 horas de emissões continuas (rádio e vídeo streaming – uma emissão nunca antes realizada) com o objetivo de alertar para a solidão e exclusão social dos mais idosos.

A maratona de rádio, acompanhada sempre em streaming vídeo, teve início na cidade de Faro, às 7h00 de dia 25 de maio, passou por Beja, Évora, Vila Viçosa, Portalegre, Castelo Branco, Coimbra, Viseu, Vila Real, Braga, Porto, Aveiro, Leiria, Caldas da Rainha e terminou 6ª feira, dia 27 de maio, na cidade de Lisboa, às 20h00.

O Três Por Todos é um projeto solidário da Renascença, com o apoio da Fundação Ageas e do Grupo Ageas Portugal. Nesta 2ª edição quis chamar a atenção para o isolamento e a exclusão social dos mais idosos e, ajudar a Cáritas nos programas de apoio à população sénior, que desenvolve em todo o país.

Nesta segunda edição do Três Por Todos a Ana Galvão, a Inês Lopes Gonçalves e a Joana Marques fizeram quilómetros em Portugal contra a solidão e recolheram donativos para os projetos da Cáritas com a população sénior em Portugal.


Era possível depositar donativos:

- Na conta “Cáritas Portuguesa” do Crédito Agrícola com o IBAN: PT50 0045 9020 4033 2492 5070 6

- No multibanco preenchendo os campos entidade e referência com 77777

- Através de MB WAY, com o nº 910 66 11 33


Foi uma super emissão solidária da Renascença, sempre em movimento, com o apoio da Fundação Ageas e Grupo Ageas Portugal.


Quilómetros contra a solidão:

As Três da Manhã são mulheres de causas. Foi por isso que em maio o Três por Todos regressou à estrada. E como nenhuma das três consegue estar muito tempo parada, desta vez a Ana, a Inês e a Joana fizeram-se à estrada. De 25 a 27 de maio as três contaram quilómetros contra a solidão dos mais velhos e passaram perto de si:

Faro, Beja, Évora, Vila Viçosa, Portalegre, Castelo Branco, Coimbra, Viseu, Vila Real, Braga, Porto, Aveiro, Leiria, Caldas da Rainha e Lisboa foram as cidades por onde passou o Três Por Todos.


Recorde aqui o percurso pelas 15 cidades:


25 MAIO (4ªfeira)

7h/9h - Mercado de Faro

11h/12h – Praça Diogo Fernandes/Jardim Bacalhau em Beja

14h/15h30 - Praça do Giraldo/Estátua da árvore em Évora

16h30/17h30 - Praça da República em Vila Viçosa

19h/20h - Praça da República em Portalegre


26 MAIO (5ªfeira)

7h/9h - Praça do Município em Castelo Branco

11h/12h - Praça 8 de Maio em Coimbra

14h/15h - Praça da República/Rossio em Viseu

16h30/17h30 - Av. Carvalho Araújo em Vila Real

19h/20h - Praça da República em Braga


27 MAIO (6ªfeira)

7h/9h- Praça D João I no Porto

10h30/11h30 - Praça Dr. Joaquim Melo Freitas em Aveiro

13h/14h30 - Praça Rodrigues Lobo em Leiria

15h30/16h30 - Praça da Fruta nas Caldas da Rainha

18h/20h - Praça do Município em Lisboa

O Três por Todos vai passar na sua cidade!
O Três por Todos vai passar na sua cidade!

Apoiar a população sénior:

A idade traz memória, experiência e afetos mas também traz solidão. E à fragilidade desta população junta-se a pobreza. É urgente promover um envelhecimento digno em Portugal. Foi por isso que a Ana, a Inês e a Joana percorreram 15 cidades e fizeram quase 2 mil quilómetros no país em apenas 3 dias.
Nesta segunda edição do Três Por Todos ajudou os mais velhos. E contámos consigo de várias maneiras: para acompanhar a emissão em contínuo, na rádio e ao vivo, das 07h00 às 20h00, e para nos ajudar a recolher donativos para os projetos que a Cáritas tem com a população sénior mais desfavorecida em várias regiões do país, de norte a sul.

Ajudar a inverter a curva da pobreza em Portugal:

No início da pandemia a Cáritas lançou o programa “Inverter a Curva da Pobreza em Portugal”. Apoiar a população sénior nas suas mais diversas necessidades é um dos principais objetivos deste programa. Pagar a renda ou a conta da farmácia, aquecer a casa ou ir ao supermercado são escolhas que ninguém devia ter que fazer. A pobreza põe em causa o envelhecimento digno a que todos temos direito.
A Cáritas, espalhada por todo o país, ajuda a franja mais envelhecida e desfavorecida da população de várias formas: no apoio domiciliário com fornecimento de refeições a idosos com baixos rendimentos, no apoio na aquisição de medicamentos e alimentação, com visitas regulares de equipas técnicas conforme as limitações das pessoas ajudadas, a cuidar da higiene e da imagem com vista a uma melhor saúde e autoestima e muito mais. Além deste apoio direto em casa e junto de quem mais precisa, há outros projetos, ligados à saúde física e mental dos mais velhos que vai poder conhecer nas próximas semanas na Renascença. O Três por Todos decorrerá a favor deste programa “Inverter a Curva da Pobreza”. A Cáritas vai utilizar as verbas recolhidas durante a ação a favor desses projetos de apoio aos mais velhos. Foi por eles e para combater a sua solidão que As Três da Manhã se fizeram à estrada.

Como contribuir:

Deposite o seu donativo

- Na conta “Cáritas Portuguesa” do Crédito Agrícola com o IBAN: PT50 0045 9020 4033 2492 5070 6

- No multibanco preenchendo os campos entidade e referência com 77777

- Através de MB WAY, com o nº 910 66 11 33


Com o apoio da Fundação Ageas e do Grupo Ageas Portugal a favor de quem mais precisa:

Focada nos problemas do envelhecimento da população, da saúde e da exclusão social, a Fundação Ageas intervém junto de população em situação de vulnerabilidade. Na sua missão, assume a responsabilidade de intervir junto dos séniores, trabalhando em parceria com dezenas de instituições e empreendedores sociais que trabalham com o mesmo objetivo: reduzir as vulnerabilidades sociais mais prementes.

Porque em Portugal ninguém está só e todos merecemos envelhecer com dignidade, a Renascença fez-se à estrada com a Fundação Ageas e o Grupo Ageas Portugal a favor de quem mais precisa.

Recorde aqui a entrevista de João Machado, Presidente da Fundação Ageas, n' As Três da Manhã.

Fique atento à emissão da Renascença para saber mais.

De 25 a 27 de Maio o Três Por Todos regressou e esteve por todo o lado a ajudar quem mais precisa.

A Ana Galvão, a Inês Lopes Gonçalves e a Joana Marques percorreram o país e prometem fazer emissão em contínuo das 07h00 às 20h00. Foram 15 cidades percorridas em apenas 3 dias, de norte a sul do país. As Três da Manhã fizeram quilómetros contra a solidão. Ainda pode ajudar. Contamos consigo para recolher donativos para os projetos que a Cáritas desenvolve com a população sénior através do seu programa nacional de luta contra a pobreza.

As Três da Manhã vão fazer quilómetros contra a solidão
As Três da Manhã vão fazer quilómetros contra a solidão

Foi uma super emissão da Renascença, em movimento, só possível com o apoio da Fundação Ageas e Grupo Ageas Portugal.

O repórter Renato Duarte esteve à conversa com Pedro Esperto, Responsável pelo Desenvolvimento da Oferta Sénior do Grupo Ageas Portugal, que nos explicou o apoio e as ofertas que o Grupo Ageas Portugal tem para a realidade de Portugal, a de uma população envelhecida, mas que deve envelhecer com total qualidade e dignidade.