Fotogaleria

Greve pelo clima mobiliza milhares de jovens em todo o mundo

24 mai, 2019 - 11:39 • Redação

Em centenas de cidades por todo o mundo, milhares de jovem saem à rua para pedir aos políticos ações concretas contra as alterações climáticas,
A+ / A-
Jovens portugueses juntaram-se à greve mundial pelo clima
Jovens portugueses juntaram-se à greve mundial pelo clima

Milhares de jovens de mais de uma centena de países, incluindo de meia centena de localidades de Portugal, fazem esta sexta-feira greve às aulas para protestar contra a inação dos governos em relação às alterações climáticas.

O protesto, o segundo deste ano, serve para alertar os governos para a necessidade de tomarem medidas concretas para se limitarem a emissão de gases com efeito de estufa, que, segundo os cientistas de todo o mundo, estão a provocar alterações drásticas, graves e rápidas no clima da Terra.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • me too
    26 mai, 2019 22:02
    O capitalismo é nojento. É ele que fornece (vende), madeira prensada, papel, tintas, metros de tela para cartazes, telemóveis 3-4-5-G, pilhas para as electrónicas e altifalantes, roupa e calçado variados, confortáveis. E os jovens não sabem viver sem isso e o capitalismo sabe dessa fraqueza. É nojento. Muitos artigos já não são de plástico provindo do petróleo mas de plástico provindo de fibras vegetais. A poluição do plástico aumenta. O plástico nos oceanos provém dos rios dos continentes: 83% dos rios da Ásia, 4% dos rios da Europa. É a destruição... Espera lá: de quê e de quem?
  • me too
    24 mai, 2019 19:39
    Percebe-se que são fedelhos. Pensam que o Universo foi feito pelos humanos...
  • Mário Pacheco
    24 mai, 2019 16:59
    Os mesmos meninos e meninas do conforto burguês ( " só vou de férias se for para um hotel. Acampar não vou") e ( quem me vai buscar de carro à escola? ") (" Ai que chunga não usa roupas de marca")...marcas essas feitas em país como o Camboja, Índia, etc em condições miseráveis para os trabalhadores infantis e com a total destruição dos rios.