15 de Outubro. O mapa de um dia negro

16 out, 2017 - 23:26 • Rui Barros

Viseu, Coimbra, Guarda e Castelo Branco. O mapa das terras onde as chamas levaram vidas.
A+ / A-

Veja também:


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Zé Povinho
    17 out, 2017 Jardim à beira mar plantado 07:03
    Portugal está em guerra ! Não temos bombas a arrebentar, mas temos incêndios ! Esta é a forma mais antiga de fazer guerra. Muito me espanta a passividade dos nossos governantes perante isto. Fazem de conta, olham para o lado e andam com paninhos quentes como se o problema desaparecesse com o empurrar do problema com a barriga. Qualquer dia, Portugal será um monte de cinzas.
  • Paulo Grave
    17 out, 2017 Santos, São Paulo, Brasil 01:16
    Fiquei atordoado, apreensivo e triste por mais estes acontecimentos ocorridos neste país. Meu irmão mora em Portugal e relatou por fotos e conversas em redes sociais acerca desta tragédia que voltou a assolar o país. Ficam aqui registradas minhas condolências a este povo que mais uma vez passa por tal tormento. Deus ampare as famílias que perderam entes queridos.