A+ / A-

​Mulher atacada por marido em farmácia do Porto ferida com gravidade

07 fev, 2019 - 13:23 • Celso Paiva Sol

Agressor foi detido perto de casa após resistir às autoridades. Três pessoas, entre elas o suspeito, ficaram feridos e foram também internadas.
A+ / A-

Uma mulher foi ataca quarta-feira à tarde atacada pelo marido, dentro de uma farmácia na cidade do Porto. A informação foi avançada à Renascença por fonte policial.

A vitima, com 45 anos, sofreu escoriações graves na face e na cabeça, tendo sido transportada para o Hospital de S. João.

O agressor, com 54 anos, deixou o local ainda antes da chegada da policia.

Já durante a madrugada, o indivíduo em causa foi detido pela PSP junto à sua residência, na cidade da Maia. O suspeito resistiu com violência à abordagem dos polícias. Os confrontos que se registaram resultaram ferimentos em dois agentes da PSP e também no agressor. Foram todos levados também para o Hospital de São João.

O agressor, quando tiver alta hospitalar, será presente a um juiz.

Esta quinta-feira o Governo vai reunir-se com a procuradora-geral da República, Lucília Gago, e as forças de segurança para se "aperfeiçoar a resposta a dar" ao problema da violência doméstica.

De 5 de janeiro a 4 de fevereiro, morreram nove mulheres vítimas de violência doméstica, assassinadas por companheiros, ex-companheiros ou outros familiares. 2018 já tinha fechado com um número superior ao de 2017.


AsTresDaManha_BannerPub