Tempo
|
A+ / A-

Miguel Braga

"Venda de Matheus Nunes foi dolorosa, mas indispensável"

18 ago, 2022 - 11:37 • Re

Diretor de comunicação do Sporting, Miguel Braga, justifica que a saída do médio para o Wolverhampton é determinante para a sustentabilidade do clube.

A+ / A-

O diretor de comunicação do Sporting reconhece que é doloroso ver Matheus Nunes partir, mas explica que a transferência do médio para o Wolverhampton é determinante para as finanças do clube.

"O Sporting CP despediu-se esta semana de Matheus Nunes, que rumou à Premier League e ao Wolverhampton WFC de Bruno Lage (...) Uma venda dolorosa do ponto de vista desportivo, mas indispensável para a sustentabilidade do clube", escreveu Miguel Braga, no editorial do jornal do Sporting.

O Wolverhampton paga, no imediato, 45 milhões de euros, a que o Sporting desconta 4,5 milhões, em comissões. Há ainda cinco milhões para contabilizar no futuro, caso Matheus Nunes e os Wolves atinjam objetivos previstos no contrato. Os leões preservam ainda 10% de mais-valia numa futura venda.

É um dos melhores negócios da história do Sporting, que Frederico Varandas, recorda Miguel Braga, previu.

"Ainda há dois anos, a garantia dada pelo presidente Frederico Varandas de que Matheus sozinho pagaria o investimento feito no treinador [10 milhões de euros] foi recebida com cepticismo pelo mundo do futebol. Agora é certo e sabido que o miúdo que servia bolos na pastelaria na Ericeira e corria pelo GDU Ericeirense transformou-se num craque. Que tenha toda a sorte do mundo nos próximos capítulos", conclui.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+