Tempo
|
A+ / A-

Troféu Cinco Violinos. Sevilha vence Sporting nos penalties

24 jul, 2022 - 21:44 • João Carlos Malta

No final dos 90 minutos, o marcador registava uma igualdade a uma bola. Marcou primeiro o Sevilha por Corona, e empatou Paulinho (num grande golo) já a terminar o tempo regulamentar.

A+ / A-

O Sevilha venceu o Troféu dos Cinco Violinos ao bater o Sporting nos penalties por 6-5. No tempo regulamentar, verificava-se um empate a uma bola.

A apresentação dos leões aos sócios foi marcada por duas partes bem distintas. Se na primeira parte, a equipa liderada por Julen Lopetegui teve um ascendente bem evidente criando um conjunto vasto de oportunidades, na segunda metade do encontro foi o Sporting a controlar por inteiro a partida.

O domínio do Sevilha na primeira parte teve reflexo no marcador, quando após um erro clamoroso do guarda-redes Anonio Adán, os sevilhanos marcaram. O guardião do Sporting meteu a bola nos pés de Oliver Torres, que colocou o esférico de forma magistral em Tecatito Corona. O mexicano não perdoou à frente da baliza. Um golo construído por dois jogadores que fizeram carreira no FC Porto.

Durante os primeiros 45 minutos, os sevilhanos desperdiçaram um par de boas ocasiões para aumentar a vantagem. Quanto aos verde-e-brancos, apenas um remate de Nuno Santos abanou o marasmo em que a equipa se encontrava.

Na segunda parte, o filme do jogo foi completamente diferente. O Sporting esteve muito mais ativo e controlou as operações. O recuo de Pedro Gonçalves para uma posição no meio-campo foi decisiva para a mudança na partida. Foi mesmo o jogador que veio do Famalicão a fazer um passe magistral para Paulinho que cilindrou as redes do Sevilha, num tiro cruzado sem chances para o guarda-redes.

O Sporting podia mesmo ter chegado à vantagem neste período, mas a pontaria nunca foi a melhor.

Depois nos penalties, em 12 tentativas só Fatawu falhou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+