Tempo
|
A+ / A-

Sporting

Carlos Fernandes dividido entre um "central de nível e a aposta na formação"

22 set, 2021 - 12:45 • João Fonseca

O antigo defesa fala dos desequilíbrios e das soluções no setor mais recuado, a importância de Pedro Gonçalves e o favoritismo dos leões com o Marítimo.

A+ / A-

Carlos Fernandes, antigo lateral do Sporting, interroga-se sobre as opções existentes no plantel leonino para o centro da defesa.

O Sporting ainda não deverá poder contar com Gonçalo Inácio para a receção ao Marítimo, sendo que Pedro Gonçalves também só deverá estar apto para o jogo em Dortmund, da Liga dos Campeões.

Rúben Amorim, entre lesões e castigos, tem gerido com pinças os centrais. A Bola Branca, o lateral formado pelos leões olha para a formação como uma via, embora lembre que a aposta nos jovens apesar de "fazer sentido" é também "um risco". Talvez por isso, sustente que deveria ter sido contratado um central que "mantivesse o nível" dos que existem.

Defesa esquerdo de raiz, Carlos Fernandes não vê o lado esquerdo coxo, após a saída para o PSG de Nuno Mendes. "O Esgaio vai ajudar e pode fazer a lateral esquerda, e esperar que o Rúben Vinagre melhore os índices de confiança e faça uma boa época", acrescenta.

Ausência de peso na equipa leonina tem sido Pedro Gonçalves, um jogador que "tem influência grande, tem golo, tem magia" e está a fazer falta, chegando mesmo a "criar um vazio", por ser um jogador que "tem a capacidade de resolver" quando o coletivo não funciona.

Os leões vão defrontar esta sexta-feira o Marítimo, em Alvalade. Carlos Fernandes aponta a equipa de Rúben Amorim como claro favorito, porque "é o campeão", embora reconheça que do outro lado estará um conjunto que tem dado boa conta de si.

"As duas equipas já oscilaram entre o bom e o mau. O Sporting reagiu bem a uma derrota pesadíssima e o Marítimo não quer passar pela aflição da época passada", pelo que vaticina um bom jogo, na abertura da 7ª jornada.

O Sporting-Marítimo joga-se esta sexta-feira, às 19h00, em Alvalade, jogo com relato na Renascença e acompanhamento, ao minuto, em rr.sapo.pt.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+