Tempo
|
A+ / A-

I Liga

Lourenço: "Sporting demonstrou que adeptos podem ter confiança na equipa"

20 set, 2021 - 12:45 • José Barata

O antigo avançado leonino elogia a resposta da equipa de Rúben Amorim contra o Estoril, depois da pesada derrota com o Ajax para a Liga dos Campeões.

A+ / A-

Luís Lourenço, antigo avançado do Sporting, acredita que não existiam motivos para desconfiar da equipa leonina, apesar do ciclo de três jogos sem vencer, e o triunfo sobre o Estoril foi uma boa resposta aos últimos jogos.

"Foi uma vitória categórica do Sporting, embora difícil, e foi uma boa reação que a equipa teve depois do desaire que teve frente ao Ajax. Depois do jogo da Liga dos Campeões, foram certamente dias difíceis de trabalho e de preocupação. Ontem o mais importante era conquistar os três pontos, e isso faz com que os sportinguistas voltem a confiar na equipa, se é que houve desconfiança depois do jogo contra o Ajax", entende, em declarações a Bola Branca.

Depois da derrota por 5-1 com o Ajax, na Liga dos Campeões e dos empates com Famalicão e FC Porto para a I Liga, o campeão nacional somou os três pontos frente à equipa da linha de Cascais.

Coates regressou ao onze inicial do Sporting, depois de ter cumprido castigo no jogo com o Ajax. Luís Lourenço diz que os leões revelaram maior consistência defensiva com o regresso do central uruguaio.

"O Coates é um pilar, é o capitão de equipa, é a voz de comando e é o treinador dentro de campo. Os restantes jogadores estão habituados a jogar com ele e ficaram mais confortáveis e protegidos com a sua presença, e notou-se muitas melhorias em termos defensivos", afirma.

A vitória sobre o Estoril foi alcançada de penalti, após falta do guarda-redes Daniel Figueira sobre Paulinho.

Quem queria bater da marca dos onze metros era Jovane Cabral, que tentava regressar aos golos e reforçar a confiança, mas foi Pedro Porro quem concretizou. Rúben Amorim explicaria depois que há uma lista de batedores de penalti, em que, quem falha fica para trás. Tudo normal, considera Lourenço.

"Normalmente antes do jogo começar já está definido quem marca as bolas paradas, e por isso já estaria definido que seria o Pedro Porro a marcar a grandes penalidade, e marcou bem. Mesmo que o Jovane Cabral esteja chateado por ter tentado marcar, não pode haver nada a dizer porque o Porro fez golo, e isso é o mais importante", salienta.

Na próxima jornada do campeonato, o Sporting recebe na sexta-feira o Marítimo um encontro que antecede o desafio em Dortmund para a Liga dos Campeões. Luís Lourenço não admite poupanças no encontro com os madeirenses, porque o Sporting precisa de somar os três pontos.

"Vai ser um jogo difícil mesmo sendo em Alvalade, mas acredito que com maior ou menor dificuldade o Sporting irá alcançar os três pontos. Apesar de ser o jogo que antecede a deslocação a Dortmund, Rúben Amorim e os jogadores não podem fazer poupanças, porque o jogo com o Marítimo é o mais importante porque é o mais próximo, só depois se deve pensar no seguinte", conclui.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+