Tempo
|
A+ / A-

Rúben Amorim não faz contas aos pontos que faltam para o Sporting ser campeão

22 abr, 2021 - 00:26 • Redação

O treinador admite que as dificuldades na finalização estão a afetar a equipa, no entanto, salienta que "é muito mais fácil lidar com estes momentos quando os jogadores dão tudo".

A+ / A-

Rúben Amorim não se preocupa em fazer contas aos pontos e jogos que faltam para o Sporting ser campeão, uma vez que considera que já ficou demonstrado que ainda todas as equipas podem escorregar.

Em conferência de imprensa após o empate caseiro (2-2) com o Belenenses SAD, que reduziu a vantagem na liderança para quatro pontos, o treinador do Sporting lembrou que sempre avisou, mesmo quando a situação era melhor, "que ia ser difícil até ao fim".

"Temos de ir jogo a jogo. Somos uma equipa difícil de bater. É isso que temos de ter na cabeça, estamos a criar muitas oportunidades de golo. Temos de melhorar a finalização e ser muito rigorosos nos pormenores, porque qualquer coisinha pode fazer a diferença. Não temos de estar a fazer contas aos jogos que faltam. Qualquer jogo podemos perder pontos, mas podemos ganhar qualquer jogo. Esta equipa pode vencer em qualquer lado, pode vencer no Dragão e perder no Nacional", vincou.

"O pior Sporting da época continua invencível"


O empate com o Belenenses SAD chegou no último lance, com uma grande penalidade. Rúben Amorim sofreu desde o camarote, mas admitiu que "é muito mais fácil lidar com estes momentos quando os jogadores dão tudo, bem ou mal", como considera que deram.

"O 2-2 foi uma recompensa. Tivemos muitos momentos para marcar golo. O Belenenses SAD fez apenas dois remates. Há fases assim. Este jogo escapou-nos por pormenores. Fizemos mais, merecíamos mais. Não tivemos a sorte do jogo", assumiu o técnico, com um encolher de ombros.

Embora seja verdade que o ponto chegou através de um empate, ou seja, num lance de exceção, Rúben Amorim prefere ver o copo meio cheio: "Num dia em que correu tudo mal, conseguimos recuperar o empate."

Rúben Amorim não concorda que este seja o pior Sporting da época, apesar de somar três empates nos últimos quatro jogos.

"O pior Sporting da época continua invencível há 28 jornadas. É muito mau, este Sporting", ironizou, antes de acrescentar, de forma mais séria: "A equipa não faz golos e sofre. A crença, a mentalidade, o coração da equipa está lá. Cabe-me dar-lhes ferramentas para fazerem golos."

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+