Tempo
|
A+ / A-

Sporting

Rúben Amorim e o regresso de Jorge Jesus ao Benfica: "Para nós, não muda nada"

20 jul, 2020 - 19:55

Sporting quer virar página FC Porto com triunfo frente ao Vitória de Setúbal.

A+ / A-

O treinador do Sporting, Rúben Amorim, afirmou esta segunda-feira que quer vencer na terça-feira o Vitória de Setúbal, na 33.ª jornada da I Liga de futebol, considerando que os "leões" tinham capacidade para vencer o campeão FC Porto.

Rúben Amorim, que falava na conferência de imprensa de antevisão do encontro com os sadinos, olha apenas para a conquista dos três pontos até porque não quer entrar na próxima temporada a discutir a terceira pré-eliminatória da Liga Europa.

“Espero uma resposta normal. Temos um jogo para vencer. Somos o Sporting. É mais um jogo para aproveitar, para crescer. A derrota não teve impacto (2-0, com o FC Porto). É bom que afete um pouco o ambiente. Espero um bom jogo por parte da nossa equipa”, disse.

Atualmente a ocupar o terceiro lugar da I Liga, com mais dois pontos do que o quarto classificado, o Sporting de Braga, Rúben Amorim apostou num discurso onde sacode toda a pressão do plantel e assume a responsabilidade pelas situações menos positivas da equipa.

“Começámos com quatro de atraso (em relação ao Sporting de Braga) no pós paragem, devido à pandemia, e o que nos fez ganhar jogos foi pensar jogo a jogo. Não olhamos muito para a classificação. A equipa não deve estar mais pressionada, nem menos pressionada. Já recuperámos muitos pontos. É mais uma semana para iniciar um novo ciclo de vitórias”, enfatizou.

Face aos sadinos, é certa a ausência do avançado esloveno Sporar, devido a limitações físicas e não pelo facto de não marcar há cinco jornadas.

“A culpa é do treinador, que ainda não encontrou soluções para que consiga marcar. Não vai jogar com o Vitória de Setúbal devido a um toque que sofreu esta semana. Vietto está apto”, afiançou.

Em relação à contratação de Jorge Jesus por parte do Benfica, treinador que orientou Rúben Amorim no Belenenses e nos "encarnados", o técnico do Sporting considera que não tira vantagens por já ter trabalhado com o treinador campeão sul-americano e brasileiro.

“Já não trabalho com Jorge Jesus há muito tempo. Isso não vai mudar o nosso planeamento. Para nós, não muda nada. O facto de o conhecer não é vantagem, nem desvantagem. O nosso objetivo é sempre vencer”, rematou.

O período conturbado no Desportivo da Aves, mereceu também fortes palavras por parte do treinador do Sporting, que considera fundamental que os clubes estejam nas mãos dos sócios e não de empresas estrangeiras.

“Em relação ao Desportivo das Aves, é muito grave. Isto dá uma imagem péssima da Liga. Precisamos de uma liga competitiva e séria. E isto deixa de ser sério. Sou defensor que os clubes devem pertencer aos sócios. Isto não beneficia ninguém”, defendeu.

Quando faltam apenas dois jogos para o final da temporada, Rúben Amorim olha já para a próxima época.

“Vamos fazer uma avaliação. Sabemos o que queremos. Vamos ver o que o mercado dita. Vamos ver o que é preciso fazer. Cabe ao treinador melhorar o jogo da equipa e arranjar mais oportunidades de remate. Temos jovens de qualidade, mas o treinador tem de os ajudar a evoluir. É preciso muito trabalho para sermos uma grande equipa”, concluiu.

O Sporting, terceiro classificado, com 59 pontos, recebe na terça-feira, às 19h00, o Vitória de Setúbal, 15.º classificado, com 30, em jogo da 33.ª e penúltima jornada da I Liga, que será arbitrado pelo algarvio Nuno Almeida.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+