Tempo
|
A+ / A-

Recado para Villas-Boas? ​Pinto da Costa vai enfrentar candidatos apoiados por "inimigos do FC Porto"

30 nov, 2023 - 18:54 • Isabel Pacheco , com redação

O presidente do FC Porto considera que André Villas-Boas já tem a campanha montada e será "tolinho" se não se candidatar a presidente do FC Porto.

A+ / A-
​Pinto da Costa vai enfrentar candidatos apoiados por "inimigos do FC Porto"

Pinto da Costa está satisfeito com a forma como decorreu, na quarta-feira à noite, a assembleia geral do Futebol Clube do Porto com aprovação das contas do clube e promete enfrentar os candidatos "apoiados por tradicionais inimigos" do emblema azul e branco.

Em declarações aos jornalistas, à margem do congresso da Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo, que está a decorrer na Alfândega do Porto, o presidente dos dragões fala numa assembleia geral “à Futebol Clube do Porto”.

“Estávamos prevenidos, pudemos tomar as precauções devidas e correu tudo excelentemente, sem o mínimo pormenor negativo. Falou toda a gente que quis falar, o tempo que quis, a votação foi feita calmamente, com toda a seriedade. Portanto, fiquei satisfeito por ver uma assembleia geral à Futebol Clube do Porto e de as contas terem sido aprovadas por larga maioria.”

Quanto a uma recandidatura à presidência do FC Porto, ainda nada está garantido. Uma coisa é certa, Pinto da Costa promete que fará sempre oposição a candidatos apoiados por tradicionais inimigos do Porto.

“Nem para mim decidi. Agora, é evidente que depende dos candidatos, porque não gostaria de ver à frente do FC Porto um candidato apoiado pela Bola, Record e Correio da Manhã”, declarou.

Está a falar de André-Villas Boas? “Estou a falar de todos os que forem apoiados pela Bola, Record e Correio da Manhã, que são tradicionais inimigos do FC Porto. Serei um opositor, mesmo que não me candidate”, respondeu Pinto da Costa.

O líder dos dragões está convencido que André Villas-Boas vai avançar na corrida à presidência do Porto.

“Penso que sim. Todo o trabalho que ele tem feito, tem pessoas a trabalhar para ele, tem um gabinete de comunicação já a trabalhar com ele há muito tempo, portanto, é natural. Se andasse com este trabalho todo e não fosse para se candidatar, era tolinho”, atira Pinto da Costa.

Dentro das quatro linhas, o presidente portista admite que a passagem dos dragões aos oitavos de final da Liga dos Campeões é “um objetivo primordial” do clube.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+