Tempo
|
A+ / A-

FC Porto

Vítor Baia defende Taremi

11 set, 2022 - 00:02 • Carlos Calaveiras

“Que haja por parte dos árbitros a capacidade de não se deixarem levar nesta onda de facilitismo em relação às simulações”, pede o dirigente dos dragões.

A+ / A-

Veja também:


O vice-presidente do FC Porto Vítor Baia foi à sala de imprensa, após a partida contra o D. Chaves, para defender Taremi.

“Em nome da Direção, venho aqui defender os nossos ativos e os nossos jogadores, neste caso concreto o Mehdi Taremi. A situação tem vindo a agudizar-se desde quarta-feira [foi expulso frente ao Atlético Madrid, com segundo amarelo, por simular falta para penálti]”, disse.

Baia acrescenta: “Aquilo que queremos é que olhem para o Taremi de forma isenta e honesta e que protejam os jogadores, ao invés de condicionar o trabalho dos árbitros nos lances em que o Taremi é protagonista e acontecer o que aconteceu hoje em duas jogadas que se fossem dentro da área seriam motivo de análise e penálti”.

Segundo o dirigente dos dragões, “Estamos apreensivos porque há lances que podem nem ser penálti e são assinalados, e exatamente o mesmo ao contrário. Por isso expliquem as coisas de forma incisiva, de forma pedagógica, dando a cara sobre o porquê de algumas decisões. Deixo este alerta e volto ao início para defender um jogador nosso que tem sido muito maltratado”.

“Que haja por parte dos árbitros a capacidade de não se deixarem levar nesta onda de facilitismo em relação às simulações. Estamos tristes e indignados com todo este comportamento”, referiu.

O FC Porto venceu o D. Chaves por 3-0, com golos de Taremi, Evanilson e André Franco.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Anonimo
    11 set, 2022 Porto 00:46
    O Sr. Vítor Baia devia estar calado, pois não têm moral para falar, pois se fosse um jogador de um outro clube já não falava assim. Para esse senhor aconselho que não faça apelo aos árbitros nesta matéria, pois em todos os clubes a jogadores que simulam neste tipo de lances e escusa de defender o jogador e se fosse um jogador de um outro clube já não falava assim e não lhe interessava

Destaques V+