Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Pepe absolvido do castigo de 23 dias

26 jul, 2022 - 17:34 • Redação

Capitão tinha sido castigado por pontapear Hugo Viana, diretor-desportivo do Sporting. Tribunal Arbitral do Desporto ilibou o internacional português.

A+ / A-

O Tribunal Arbitral do Desporto anulou o castigo de 23 dias aplicado a Pepe, capitão do FC Porto, segundo o jornal "O Jogo".

O central internacional português tinha sido castigado pelo Conselho de Disciplina da Federação devido aos incidentes na receção ao Sporting, a 11 de fevereiro, a contar para a jornada 22 do campeonato. Em causa estava um alegado pontapé do capitão portista a Hugo Viana, diretor-desportivo do Sporting.

"Pelos fundamentos expostos, acordam os Árbitros que compõem este Colégio Arbitral em julgar a presente ação arbitral parcialmente procedente e, em consequência, anular a decisão final de condenação proferida pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol no que respeita ao Demandante Képler Laveran Lima Ferreira, absolvendo-o", pode ler-se.

Luís Gonçalves, diretor-geral dos dragões, vai ter de cumprir o castigo de 68 dias de suspensão, visto que o TAD recusou o recurso do FC Porto.

Pepe desmentiu o pontapé, em comunicado, em abril: "Não tenho outra alternativa que não seja repudiar veementemente o castigo que me foi aplicado pelo Conselho de Disciplina da FPF.

"O meu lamento é tanto maior quanto a minha convicção de que a verdade dos factos iria acabar por prevalecer. Desde 11 de fevereiro que me mantive sempre muito tranquilo, por saber que não eram verdadeiros os factos que me foram imputados", disse.

O jogador lamentou que "a presunção de inocência de uns não pode ter um peso diferente da minha. A honra, a dignidade e a retidão de carácter que tanto prezo impele-me a repudiar, a lamentar e a insurgir-me contra um castigo que me foi aplicado por algo que não fiz. Repito, que não fiz. E a sensação de injustiça é, hoje e sempre, o pior dos sentimentos".

Na altura, também Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, mostrou-se "revoltado" com o castigo a Pepe, capitão do FC Porto.

"É o 'timing' que vocês sabem, depois de tudo o que se passou. É o único de fora. É revoltante, mas é o futebol que temos. Vou repetir uma frase que disse há uns tempos: não vale tudo para se ganhar", disse, em conferência de imprensa, na véspera de jogo com os leões para a Taça de Portugal.

"Há cerca de um mês que me cheirava mas é revoltante confirmar-se o que eu suspeitava. Já há alguma aceitação, já tinha ido alertando. As pessoas são muito previsíveis", termina.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Carlos Guerreiro
    26 jul, 2022 Degolados 18:03
    É a pouca vergonha dos dirigentes em Portugal.
  • Joaquim Correto
    26 jul, 2022 Paços 17:18
    Pudera, aproxima-se o joga da supertaça! O futebol português está putrefacto!

Destaques V+