Tempo
|
A+ / A-

FC Porto age “judicialmente” contra Varandas

30 mai, 2022 - 16:32 • Carlos Calaveiras

Dragões consideram “falsas e insultuosas” as declarações do presidente dos leões e, por isso, avança para tribunal.

A+ / A-

O FC Porto vai "agir judicialmente" contra o presidente do Sporting, Frederico Varandas, depois das declarações contra Pinto da Costa no domingo.

"Face às declarações falsas e insultuosas proferidas ontem numa cerimónia pública, o Conselho de Administração da FC Porto - Futebol SAD e o seu presidente, Jorge Nuno Pinto da Costa, tomaram a decisão de agir judicialmente contra o presidente do Sporting Clube de Portugal. É à Justiça que compete avaliar ações graves - e reiteradas - de pura piromania mediática", escrevem os dragões.

O líder leonino voltou a deixar fortes críticas ao presidente do FC Porto. Segundo Frederico Varandas, Pinto da Costa deveria já ter sido “banido”.

“Não é preciso a justiça portuguesa dizer o que quer que seja para sabermos que o senhor Pinto da Costa é um corruptor ativo e alguém que devia estar banido do dirigismo há décadas”, disse Varandas, num discurso em Carregal do Sal.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+