Tempo
|
A+ / A-

FC Porto corre para os "oitavos" da Liga Europa contra o outro amor de Sérgio Conceição

17 fev, 2022 - 09:28 • Redação com Lusa

Jogo contra a Lazio tem início às 20h00, no Estádio do Dragão. Às 17h45, na Moldávia, o Sporting de Braga defronta o Sheriff.

A+ / A-

O FC Porto, em casa com a Lazio, e o Sporting de Braga, fora com o Sheriff Tiraspol, procuram, esta quinta-feira, ganhar vantagem na corrida aos oitavos de final da Liga Europa, na primeira mão do "play-off".

Do "play-off", que opõe os terceiros colocados da fase de grupos da Liga dos Campeões aos segundos na Liga Europa, vão sair oito equipas para os "oitavos", para se juntarem aos oito vencedores dos grupos.

É nessa condição que FC Porto, terceiro no seu grupo na Champions, atrás de Liverpool e Atlético de Madrid, e Braga, segundo na fase de grupos da Liga Europa, atrás de Estrela Vermelha, entram em ação.

Os dragões, vencedores do troféu em 2003 e 2011, começam por receber a Lazio, histórico emblema do futebol italiano com ligações ao treinador portista, Sérgio Conceição, que foi também jogador dos "aquilotti" entre 1996 e 1998 e, depois, em parte da época de 2003/04.

No Dragão, em jogo com início às 20h00, o FC Porto não poderá contar com os castigados Wendell e Marchesín, expulsos no último jogo da Liga dos Campeões. Na Lazio, Maurizio Sarri não terá o médio Lazzari, por lesão, e o avançado e capitão Ciro Immobile, engripado.

Na antevisão da partida, Sérgio Conceição admitiu frustração por já não estar na Liga dos Campeões, mas sublinhou que, seja em que prova e contra que adversário for, o FC Porto tem sempre de dar o máximo.

"Agora, temos uma nova competição, a Liga Europa, e temos de dignificar o FC Porto. (...) Temos de, novamente, meter cá para fora o melhor FC Porto a nível europeu, para conseguir o nosso objetivo", frisou.

Maurizio Sarri avisou a Lazio para a qualidade do FC Porto, que só o Liverpool conseguiu derrotar duas vezes esta temporada.

“O FC Porto é uma equipa forte, uma equipa organizada, que tem alguns jogadores com muita experiência e tem jovens interessantíssimos, como [Fábio] Vieira. (...) Fez 22 jogos, 19 vitórias esta época. A força dessa equipa está nos números. Por isso, a preocupação sobre o jogo existe, porque vamos defrontar uma equipa forte”, disse o italiano.

O FC Porto-Lazio, marcado para as 20h00, no Dragão, tem relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Braga contra um lobo em pele de cordeiro


Um pouco antes, na Moldávia, às 17h45, o Braga, finalista vencido em 2011, defronta o Sheriff, que na Liga dos Campeões criou problemas ao Real Madrid - venceu os espanhóis no Santiago Bernabéu (2-1).

Os moldavos, que ficaram em terceiro no grupo da Champions, à frente de Shakhtar Donetsk e atrás de Real Madrid e Inter Milão, podem, apesar da pouca expressão europeia, ser um teste duro para o Braga de Carlos Carvalhal, que tem apresentado grande oscilação de resultados.

Foi, precisamente, para os bons resultados do Sheriff que o treinador dos minhotos chamou atenção, na conferência de imprensa de antevisão.

"Foi ganhar ao Real e venceu o Shakhtar. É uma equipa que fez sete pontos na Liga dos Campeões, o efeito surpresa já desapareceu e agora existe é um respeito máximo pelo Sheriff. Não joga desde dezembro, mas estamos preparadíssimos e com muita vontade de vencer", referiu.

O treinador do Sheriff, Yuriy Vernydub, elogiou o Braga, mas também puxou dos galões, lembrando já estragou a festa aos portugueses.

"Defrontei o Braga com o Zorya e ganhei [em 2018/19], vamos ver se a história se repete. É uma eliminatória de 50-50 para cada", previu.

O Sheriff-Braga tem relato online na Renascença, em rr.sapo.pt.

Os encontros da segunda mão do "play-off" da Liga Europa estão agendados para o dia 24 de fevereiro. Nesse dia, o FC Porto visita a Lazio, na capital italiana, e o Sporting de Braga recebe o Sheriff.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+