Tempo
|
A+ / A-

FC Porto

Sérgio Conceição faz ultimato aos jogadores. Quem não estiver comprometido "fica de fora"

29 out, 2021 - 12:05 • Redação

Treinador do FC Porto garante que quem não mostrar "características básicas e fundamentais" não joga.

A+ / A-

Sérgio Conceição fez um ultimato aos jogadores do FC Porto, esta sexta-feira. Quem não estiver comprometido com a equipa não joga.

A eliminação da Taça da Liga, aos pés do Santa Clara, levou o treinador do Porto a reforçar uma mensagem que tem enviado aos jogadores várias vezes, esta época. Na conferência de imprensa de antevisão da receção ao Boavista, a contar para a 10.ª jornada da I Liga, Sérgio foi mais longe.

"Espírito e compromisso têm de estar sempre patentes no nosso trabalho. Há caraterísticas básicas e fundamentais no futebol. A concentração competitiva, o estar alerta no jogo, o pensar que cada lance pode ser decisivo. Temos de estar sempre no limite. Nós tivemos ocasiões claras de golo, mas o Santa Clara, dentro do que fez, mereceu ganhar. Quando não há compromisso, fica mais difícil. Eu dou pouco azo a que os jogadores não sintam esse compromisso. Quando não sentem, não estão com o grupo, não estão com a equipa e ficam de fora", sentenciou.

Grujic, "filósofo incrível": José Maria Pedroto 2.0


Neste contexto, Sérgio foi chamado à atenção para um "post" de Marko Grujic no Instagram. "Nós nunca perdemos. Ou ganhamos ou aprendemos", escreveu o médio sérvio, após a derrota com o Santa Clara.

Surpreendido, o treinador do FC Porto sorriu, admitiu que não sabia da publicação e, sobre Grujic, atirou: "É um filósofo incrível."

"Muito interessante. mas é por aí, ele tem razão. É uma frase à Pedroto. Aqui, ou se ganha ou se aprende, é verdade", salientou Sérgio.

Dérbi é dérbi. "Jogadores dão um bocadinho mais"


O FC Porto terá oportunidade de se recompor da derrota com o Santa Clara já no sábado, frente ao Boavista, na 10.ª jornada do campeonato.

Sérgio Conceição salientou que o Boavista é "uma equipa muito equilibrada", seja em que sistema se dispuser, e "interessante naquilo que faz com e sem bola". "Não vai facilitar em nada a nossa vida", assinalou.

"É um jogo diferente dos outros para as pessoas do Boavista e do FC Porto, porque é um dérbi. Os jogadores tendem, normalmente, a dar um bocadinho mais. Já fiz alguns jogos contra o Boavista e percebo que o comportamento é sempre muito aguerrido. Estamos à espera de muitas dificuldades amanhã [sábado]", acrescentou o técnico portista.

O FC Porto-Boavista joga-se sábado, às 17h00, no Dragão. Terá relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+