Siga-nos no Whatsapp
A+ / A-

Paris 2024

Portugal com recorde de nove modalidades nos Paralímpicos

09 jul, 2024 - 19:30 • Lusa

Os judocas Miguel Vieira, em -60 kg J1, e Djibrilo Iafa, em -73kg J1, viram confirmados os seus apuramentos para Paris 2024.

A+ / A-

Os judocas Miguel Vieira, em -60 kg J1, e Djibrilo Iafa, em -73kg J1, viram confirmados os seus apuramentos para os Jogos Paralímpicos, esta terça-feira, aumentando a representação portuguesa em Paris 2024 para um recorde de nove modalidades.

Os dois atletas foram qualificados em função do ranking mundial, divulgado pela Federação Internacional de Desportos para Cegos (IBSA), com Miguel Vieira, campeão europeu e mundial em título, a ser terceiro, enquanto Djibrilo Iafa em sexto da sua classe.

Com mais estas duas confirmações, a Missão de Portugal aos Jogos Paralímpicos, entre 28 de agosto e 08 de setembro, aumentou para 26 atletas em nove modalidades, um novo recorde, depois das oito em Tóquio2020.

Neste momento, o boccia é a modalidade mais representada, com sete elementos, seguida do atletismo, com seis, e natação, com quatro.

Seguem-se a canoagem, o ciclismo e o judo, todos com duas, enquanto badminton, tiro e triatlo apresentam um elemento cada.

Portugal, que esteve representado nos Jogos Tóquio 2020 por 33 atletas, somará em Paris2024 a sua 12.ª participação no evento, no qual conseguiu um total de 94 medalhas (25 medalhas de ouro, 30 de prata e 39 de bronze).

Lista de quotas conquistadas por Portugal e atletas definidos:

- Atletismo (6): A definir.

- Badminton (1): Beatriz Monteiro.

- Boccia (7): Ana Sofia Costa, José Gonçalves, Carla Oliveira, Ana Catarina Correia e três atletas ainda a designar da equipa BC1-BC2

- Canoagem (2): Alex Santos e Norberto Monteiro.

- Ciclismo (2): Luís Costa e Telmo Pinão.

- Natação (4): Daniel Videira, Diogo Cancela, Marco Meneses e Tomás Cordeiro.

- Judo (2): Miguel Vieira e Djibrilo Iafa.

- Tiro (1): Margarida Lapa.

- Triatlo (1): Filipe Marques.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+