Tempo
|
A+ / A-

Delmino Pereira

Prata de António Morgado "foi um grande momento do ciclismo português”

23 set, 2022 - 16:12 • Carlos Dias

Delmino Pereira, presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, acredita que Morgado "é um dos melhores juniores do mundo".

A+ / A-

Delmino Pereira, presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, elogia António Morgado pela conquista da medalha de prata na prova de estrada em juniores, nos Mundiais de Ciclismo que estão a decorrer em Wollongong, na Austrália.

Em declarações a Bola Branca, Delmino Pereira afirma que “foi um grande momento do ciclismo português, com uma prestação de ouro que valeu uma medalha de prata. O António é um dos melhores juniores do mundo, tem feito um percurso extraordinário", começa por dizer.

"É um produto de uma comunidade que se dedica à formação de ciclistas, e que é também premiada com este resultado”, refere o presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, que acompanha as provas ao vivo.

Depois do feito de António Morgado as atenções viram-se para a prova de estrada de Elites, marcada para o dia 25 de setembro, com a participação de quatro corredores portugueses, João Almeida, Nélson Oliveira, Ivo e Rui Oliveira.

“Temos um lote de corredores com qualidade e experiência, estão habituados a este nível competitivo, é o que fazem durante todo o ano. Temos um corredor excecional que é o João Almeida, o Nélson Oliveira também está muito bem, como se viu na prova de contra-relógio. Temos boas perspetivas, mas o percurso é muito exigente e a concorrência tem muita qualidade”, afirma Delmino Pereira.

O português António Morgado foi segundo classificado no Campeonato Mundial de juniores de ciclismo. O ciclista perdeu ao sprint para o alemão Emil Herzog depois de ter feito vários ataques durante a prova de fundo e de ter conseguido isolar-se a poucos quilómetros da meta.

É a primeira medalha para Portugal nos Mundiais, que decorrem na Austrália. É também a primeira medalha de sempre nesta categoria de juniores.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+