Tempo
|
A+ / A-

Roger Federer anuncia retirada do ténis

15 set, 2022 - 14:23 • Redação

Tenista suíço retira-se após a Laver Cup, na próxima semana.

A+ / A-

Roger Federer anunciou, esta quinta-feira, que deixará o ténis depois da Laver Cup, que se realiza na próxima semana, em Londres.

O ténista suíço de 41 anos, que já estava sem posição no "ranking", conta com 20 vitórias em Grand Slams. Federer venceu oito vezes Wimbledon, seis vezes o Open da Austrália, cinco vezes o US Open e uma vez Roland Garros. Federer disputou 31 finais, com 20 vitórias.

As lesões e problemas físicos ditam o adeus de Roger Federer.

"Os últimos três anos traduziram-se em desafios em forma de lesões e cirurgias. Trabalhei duro para voltar à minha forma, mas sei os limites do meu corpo. Tenho 41 anos, joguei mais de 1500 partidas em 24 anos. O ténis foi muito generoso comigo, mas tenho de reconhecer que chegou a hora de terminar a carreira", afirma, no Twitter.

Federer fala numa decisão "agridoce, mas em que há muito a celebrar".

"Os últimos 24 anos foram uma incrível aventura. Às vezes parece que passou em 24 horas, mas também sinto que foi uma caminhada com profundidade e mágica que me faz sentir que foi uma vida inteira. Joguei em mais de 40 países, chorei, ri, senti felicidade e dor. Mais do que tudo, senti-me incrivelmente vivo. Obrigado a todos", termina.

Esta época, Federer não participou em nenhum dos quatro "majors" da época. Em 2021, o melhor que fez foi uma chegada aos quartos de final em Wimbledon. A última conquista de um Grand Slam remonta a 2018, quando venceu o Australia Open.

Em julho, o suíço caiu para fora do "top-25" da hierarquia mundial pela primeira vez desde 1997.

Federer despede-se do ténis como um dos melhores de sempre da modalidade.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+